Os pellets no panorama energético nacional

Pellets

A consulta pública promovida pela Comissão Europeia, no sentido de auscultar opiniões e pareceres de atores no setor energético, relativamente ao modo e conteúdo que irá suportar a definição da nova diretiva europeia para as energias renováveis, apresenta-se, de momento, como uma oportunidade clara de refletir sobre as conquistas e erros cometidos na implementação da denominada diretiva 20-20-20.

 

Como consta no último relatório de acompanhamento das medidas implementadas, num estudo levado a cabo pela Comissão Europeia[1], é declarado que Portugal está em linha com os objetivos definidos no Plano Nacional para as Energias Renováveis, com um contributo significativo da produção de energia elétrica renovável. É salutar o esforço efetuado neste sentido, não estando, no entanto, os procedimentos e medidas adotados isentos de falhas na abordagem e implementação, nomeadamente na produção de energia elétrica, setor doméstico, serviços e indústria.

Veja mais aqui

Related posts