#pelletsmaisperto Município de Moimenta da Beira

O município de Moimenta da Beira efectuou a substituição de caldeiras a gás por equipamentos a pellets de madeira em dois edifícios municipais com elevados consumos de energia: piscina e pavilhão gimnodesportivo.

Como noticiado pelo Rádio Clube de Lamego, a obra teve um custo que rondou os 230 mil euros, tendo sido apoiada financeiramente pelo programa ON.2, para o aumento da eficiência energética e uso racional da energia, com verbas globais a rondar os 153 mil euros.

A introdução de duas caldeiras a pellets, em conjunto com painéis solares térmicos e gestão da iluminaria, representa uma poupança global na fatura energética a rondar os 68%, assim como uma redução das emissões de CO2 na ordem das 50 toneladas/ano em cada uma das instalações.

O conjunto das duas instalações apresenta um consumo anual de pellets que ronda as 97 ton o que perfaz um custo com combustível na ordem dos 14 000 €, capaz de gerar uma poupança, relativamente à utilização de gás propano, próxima dos 35 000€/ano. Esta poupança é capaz de gerar um retorno do investimento num prazo inferior a 3 anos, que se revela claramente reduzido.

Related posts